Pico da Bandeira – Parte 1

0 Flares 0 Flares ×

A história por traz da foto que ilustra a capa deste post começou com um convite inusitado: conquistar o Pico da Bandeira, com 2.891,98 metros de altitudeLocalizado no Parque Nacional do Caparaó, na Serra do Caparaó, o Pico da Bandeira é o 3º pico mais alto do Brasil e fica na divisa entre os municípios de Ibitirama, Espírito Santo, e o município de Alto Caparaó, Minas Gerais.

Ao decidir fazer a viagem, precisávamos tomar algumas decisões logísticas. Resolvemos ir de carro até o município de Alto Caparaó e alugar uma pousada por lá durante todo o feriado de Tiradentes. Nossa segunda decisão logística era, justamente, sobre o motivo que nos levou até lá, ou seja, sobre o ataque ao cume. Existem duas opções distintas para o “passeio” ao Pico da Bandeira:

  1. Iniciar o passeio na véspera do ataque ao cume, percorrendo uma trilha de 4km até o Terreirão, carregando equipamento de camping para dormir lá e depois completar a segunda metade da trilha (mais 3,2km!) até o Pico da Bandeira;
  2. Percorrer toda a trilha de 7km até o Pico da Bandeira em um único dia, que tem a vantagem de carregar menos peso durante o primeiro trecho da trilha;

Como a nossa idéia era assistir o nascer do sol do alto do Pico da Bandeira, optamos por fazer a primeira metade da trilha durante o dia, dormir no Terreirão e acordar de madrugada para fazer o segundo trecho e chegar ao pico. Analisando friamente, depois, essa foi a melhor decisão que tomamos, pois pudemos desfrutar de tudo que a montanha tem para nos oferecer.

Com todas as decisões tomadas, contratamos um guia (com antecedência) e iniciamos a trilha às 15h do dia 22/04/2011. No grupo, além do nosso super-guia, estávamos eu, minha namorada, os tios dela, um primo, um casal de amigos que viajou conosco e cinco “amigos” que conhecemos por lá.

Depois de 4km de trilha, chegamos ao Terreirão, a 2.370m de altitude, e montamos as nossas barracas de camping. Já instalados, aproveitamos para conhecer um pouco mais o lugar, fazer a nossa refeição noturna e, obviamente, tirar algumas fotos. :)

Seguem algumas fotos da “primeira metade” da aventura:

 

As fotos do 2º dia serão tema de um próximo Post no Blog. Afinal, é muita história e muita foto para caber em um único texto! Rsrs.

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 Pin It Share 0 StumbleUpon 0 LinkedIn 0 Email -- 0 Flares ×

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>